Região Oceânica tem nova etapa de obras de drenagem e pavimentação

Com importantes investimentos em obras de infraestrutura, drenagem e pavimentação, a Região Oceânica de Niterói vive uma nova fase. Além da construção da TransOceânica, corredor viário com mais de nove quilômetros de extensão, a Prefeitura está realizando obras em diversos bairros. Serão cerca de R$ 210 milhões para as intervenções que serão executadas com recursos da Cooperação Andina de Fomento (CAF).

No Boa Vista, já foram concluídas as obras de drenagem, terraplanagem e pavimentação de três ruas. No momento, equipes trabalham em mais quatro vias. Ao todo, 13 ruas serão urbanizadas, o que representa mais de seis quilômetros de galerias de águas pluviais, terraplanagem e asfalto. A previsão é de que todas as intervenções no Boa Vista estejam finalizadas em dezembro. O bairro tem, atualmente, cerca de 400 casas e a obra é uma antiga reivindicação dos moradores.

Principal via de acesso ao Jacaré, a Estrada Frei Orlando também está recebendo intervenções em um trecho de aproximadamente dois quilômetros que ainda não contava com asfalto. A previsão é de que obra seja concluída no fim deste ano. O trabalho também terá importante papel no processo de renaturalização do rio Jacaré, que fica na localidade, já que a obra permitirá que a água chegue ao rio sem sedimentos. O investimento é de R$ 4 milhões.

Mas as conquistas não param por aí. Já foi realizada a licitação da empresa que desenvolverá o projeto básico para as obras do Maralegre. E os projetos para o Serra Grande e o Maravista estão sendo elaborados.

A Região Oceânica ficou décadas sem receber melhorias. Com estes projetos, serão aproximadamente 26 quilômetros de obras, beneficiando diversas ruas desses bairros. São intervenções que foram planejadas com muita responsabilidade a partir de demandas dos moradores das regiões.

Investimentos – Desde 2013, foi realizado o maior investimento que a Região Oceânica já recebeu em obras de drenagem e pavimentação. São mais de R$ 100 milhões. Foram drenados e pavimentados o Cafubá, a Fazendinha e o Bairro Peixoto, e parte de Piratininga, Camboinhas, Maravista e Maralegre. São mais de 150 ruas com obras executadas.

Em fevereiro, foram concluídas as obras da Avenida Professora Romanda Gonçalves, em Itaipu. E em dezembro de 2017, foi entregue a maior obra de macrodrenagem de Itaipu e Piratininga, Â entre a Estrada Francisco da Cruz Nunes e a Avenida Almirante Tamandaré.

ACOMPANHE AS ÚLTIMAS NOVIDADES DA TRANSOCEÂNICA

Corredor viário da Região Oceânica entra em operação dia 27 de abril

13/04/2019 - O corredor viário da TransOceânica entra em operação no próximo dia 27. A obra, esperada há mais de 40 anos pelos niteroienses, irá reduzir o tempo de percurso em cerca de 30% e beneficiará 125 mil pessoas diariamente. A migração das linhas de ônibus municipais para a pista exclusiva acontecerá de forma gradual. A população continuará atendida em todos os trajetos. Nesta […]

Monitoramento inteligente na TransOceânica via Centro de Controle Operacional

11/04/2019 - O Centro de Controle Operacional do túnel Charitas-Cafubá (CCO Túnel) utiliza um sistema inteligente de monitoramento com equipamentos que informam, em tempo real, tudo que acontece em suas galerias. O sistema permite o rápido acionamento de órgãos de socorro e segurança em caso de necessidade. São 49 câmeras, seis painéis de mensagens, 80 interfones de emergência e 200 sinalizadores de […]

Túnel Charitas-Cafubá chega a 25 milhões de travessias

11/04/2019 - O túnel Charitas-Cafubá, que foi aberto ao tráfego de veículos em maio de 2017, chega em 2019 com 25 milhões de travessias realizadas em suas duas galerias. A média histórica é de 1,2 milhão de travessias por mês, 41,5 mil por dia. No primeiro trimestre de operação, o túnel foi cruzado por 2,3 milhões de veículos, média de 25,5 mil por […]